Projeto Ribeirinhos

Resumo da atuação

O Ibama tem trabalhado desde 2011 na inserção das comunidades ribeirinhas no processo de gestão ambiental participativa, por meio de sua inclusão em diversos estudos relacionados à biodiversidade aquática do rio São Francisco. Para tal, foi criada uma rede permanente de coletores de dados, formada exclusivamente pelos ribeirinhos, que trabalham ativamente no levantamento de informações.

O projeto Ribeirinhos, aprovado na plataforma Semente, objetiva a manutenção dessa rede de coletores já estruturada, fortalecendo a gestão participativa e tornando possível a continuidade da geração de dados fundamentais para definição de políticas públicas e conservação da biodiversidade da bacia do São Francisco.

Os estudos realizados a cada ano são definidos com base nas demandas das comunidades, da academia ou dos órgãos ambientais.

Atualmente, os seguintes estudos estão sendo realizados com coletas de dados realizadas exclusivamente pelos ribeirinhos:

Além desses estudos, foram iniciadas ações de educação ambiental que visam aprimorar o conhecimento das comunidades do ponto de vista dos moradores. Para que as ações fossem alinhadas às necessidades dos residentes, foram considerados seus hábitos e atividades em relação ao rio, aos peixes, aos animais e ao lixo.

Contexto

O projeto tem grande importância por promover a inserção das comunidades ribeirinhas no processo de gestão ambiental participativa, por meio de sua inclusão em diversos estudos relacionados à biodiversidade aquática do rio São Francisco.

Data de início

Meio de financiamento

Projeto aprovado na plataforma Semente e mantido por recursos oriundos de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

Números do projeto

Notícias

Parceiros

Realização:

Documentos relevantes

Galeria de Fotos

Galeria de Vídeos

Histórico do projeto

Sem histórico anterior.

Search

Pressione Enter para buscar ou ESC para fechar